Paternidade

2186142563_172bb77446

Catherine ficou amiga delas todas. Sempre me impressionei com a velocidade que as mulheres ficam amigas. Quando eu estava no parquinho, sempre me via numa elaborada dança paternal pela qual tentava afastar sutilmente meus filhos das outras crianças cuidadas por seus pais com medo de ser levado ao constrangimento de entrar num papo furado. Mesmo que a comunicação fosse inevitável, não falaríamos diretamente um com outro, mas empregaríamos nossos filhos como interlocutores. Assim, se Millie estivesse deliberadamente bloqueando o escorrega, minha maneira de perdir desculpa ao outro pai seria dizer bem alto: “Desça do escorrega, Millie, e dê a vez a outra mininha”.

O outro pai responderia que estava tudo bem respondendo “Não empurre a menina , Ellie. Ela vai descer quando estiver pronta”. E não seria necessária menor troca de olhares entre aqueles dois machos adultos. Enquanto isso, em qualquer outro canto do parquinho, a mulher dele e a minha já estariam revelando mutuamente quanto tempo tiveram que esperar para trepar outra vez depois de dar a luz.

Extraído de A Maior Conquista de Um Home de John O´Farrell – o protagonista do livro é Micheal Adams, casado e pai de três filhos, que enfrenta enorme dificuldade com a paternidade, devido a sua síndrome de eterno adolescente.

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: